eu (ainda) não estou bem.

2.10.18


Eu perguntei para algumas pessoas sobre as experiências que já marcaram a vida delas e recebi uma resposta que ficou na minha cabeça por um bom tempo, um pedaço dela dizia assim "eu ainda não estou feliz, mas um dia vou estar" e a partir disso, meu coração ficou cada vez mais calmo em relação as minhas emoções.  
Ainda não estou feliz, ainda não estou calma, ainda não estou animada, mas daqui a pouco eu estarei. Estou sendo preparada para algo maior e as minhas emoções podem me ensinar alguma coisa, Jesus nunca vai me desamparar e até algo que eu acho ruim se torna bom nas mãos dEle. Ainda não cheguei lá, mas chegarei!
Finalmente eu compreendo hoje, que não preciso forçar nada quando não estou bem. Por muito tempo permiti que meu coração se inundasse com tristeza e deixava ela habitar em mim, como se fosse um novo membro ou um novo órgão. Estava triste e lutava com as minhas mãos para deixar de estar ou soterrava a tristeza com um sorriso falso. Extremos que fala, né?
"Estou triste, mas quem não está? Vida que segue", esse era o meu pensamento. Hoje em dia não, hoje eu entendo que dói e que vai doer mesmo, mas eu não preciso engolir o que eu sinto e seguir a minha vida, eu posso falar sobre isso, chorar e ter a oportunidade de não estar bem. Sem máscaras por aqui, sabe!?
Quando eu via aquelas postagens na internet sobre como as pessoas estavam felizes e suas vidas estavam caminhando, eu me sentia uma estranha por ser a única passando por algo ruim, mas o que as pessoas postam aqui na internet nem sempre é a verdade completa, então eu estava baseando meus sentimentos em algo irreal e assumindo que a minha vida era algo por causa do que os meus olhos viam da vida do outro e esquecia de mim. Focava na realidade 'fake' das pessoas e trazia para a minha vida real.
Aprendi que dói e que vai doer ás vezes, mas eu não preciso mais esconder, se eu estou assim por um tempo, então vai chegar o tempo de não estar mais assim. As coisas melhoram, mudam, se transformam. E eu não preciso melhorar, mudar ou me transformar pelas minhas próprias mãos.
Volta na imagem do post por um segundo. Ela me diz muitas coisas e talvez para você seja apenas alguém fazendo do barro um vaso, mas para mim mostra o Criador me moldando da forma que Ele acha melhor, da forma que Ele sonhou para mim. Será que é doloroso para o barro ser moldado e remoldado pelas mãos de alguém? Deve ser, mas no final, o que era apenas barro se tornou um vaso.
Indo mais além na minha pequena (talvez grande) reflexão maluca, vaso no dicionário significa "recipiente" e você pode ser apenas barro ainda, sendo moldado pelo Criador e isso pode estar te fazendo enfrentar diversos desafios e emoções, mas no final, você será um recipiente para outras vidas, alguém que foi moldado e agora está apto para servir outras pessoas da melhor forma que conseguir.

Ainda está doendo e processos são sempre dolorosos, mas não desista. Você se tornará um vaso e o melhor disso tudo, moldado pelas mãos do seu Pai. 

Com amor, 
Erika Murito.

Talvez você goste disso aqui

2 comentários

  1. Tudo precisa de tempo.

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  2. Respeitar o nosso próprio tempo, os nossos espaços e nossas vontades é a chave para entendermos o que nós precisamos. Além de eliminar todo e qualquer sentimento tóxico de nós!


    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir

Obrigada por dar a sua opinião, ela é importante! ❥

facebook

instagram